sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Policiais militares do 27º BPM prendem quadrilha de estelionatários em Rosário-MA


Policiais militares do 27º Batalhão da Polícia Militar de Rosário prenderam, na manhã dessa quinta-feira (4), uma quadrilha suspeita de realizar crimes de estelionato e saidinha bancária em todo o Estado.

A prisão aconteceu após um policial militar à paisana identificar, na porta de uma agência da Caixa Econômica Federal, em Rosário, dois homens suspeitos de cometerem o crime de estelionato e saidinha bancária recentemente, na cidade de Santa Rita.

O policial entrou em contato com a guarnição de serviço, que, ao se aproximar do local, foi percebida pelos suspeitos que empreenderam fuga em um veículo da marca Chevrolet, modelo Spin na cor branca, e placa vermelha, numeração OJB-7965, da cidade de Itapecuru- Mirim.

A guarnição iniciou perseguição, interceptando e abordando o referido veículo. No carro, encontrava-se Meire Costa Freire, 45 anos, Rodrigo Corrêa da Conceição, 54 anos, e Domingos Martins, 46 anos. Com eles, foi encontrado a quantia de R$ 910 em espécie, três cédulas de identidade, quatro cartões bancários, um título eleitoral, uma bolsa feminina e um vestido rosa.

Os suspeitos foram presos e encaminhados à delegacia regional de Rosário, onde apareceu uma vítima dos golpes.

Segundo a Delegacia de Polícia Civil, os suspeitos escolhiam a vítima de acordo com a quantia que elas sacavam sem se dar conta de estar sendo observada. Em seguida, eles davam o golpe na saída do banco ou usavam cartões falsos de banco para sacar os benefícios.
(Informações da SSP-MA)

MORTE DE CRIANÇAS EM SUPOSTO RITUAL SATÂNICO NO RS CUSTOU R$ 25 MIL, DIZ POLÍCIA


A Polícia Civil acredita que uma pessoa pagou R$ 25 mil ao líder de um templo satânico para o sacrifício de duas crianças em Novo Hamburgo, na Região Metropolitana de Porto Alegre. 

Os corpos de um menino e de uma menina, de aproximadamente 8 e 12 anos, respectivamente, foram encontrados em setembro do ano passado. Três pessoas, incluindo o líder da seita, foram presas.

As crianças foram encontradas no bairro Lomba Grande. Os corpos estavam esquartejados, e faltavam partes que foram localizadas dias depois. Os membros estavam dentro de sacos plásticos colocados em caixas de papelão, e foram deixados em uma localidade deserta.

A investigação foi difícil para a polícia, uma vez que exames de DNA não identificaram as crianças junto ao banco de dados. A falta de câmeras de segurança na região também foi um obstáculo para a apuração do caso.

Várias possibilidades eram cogitadas, inclusive a de que as crianças poderiam ser vítimas colaterais de uma disputa relacionada ao tráfico de drogas. No entanto, a ausência da busca por pais ou parentes intrigou a polícia.

Por isso, com base nos novos indícios coletados na investigação, surgiu a hipótese de que o menino e a menina possam ter sido trazidas ou compradas na Argentina.

Os três suspeitos foram presos logo após o Natal, em uma operação, mas a informação foi divulgada no começo desta semana. O líder do templo, que é do Rio Grande do Sul, nega as acusações, mas relata suas práticas satanistas, que já foram até documentadas por meio de canais de televisão paga, de acordo com o delegado Moacir Fermino.

"Ele mesmo diz que viaja pelo mundo, por vários países do mundo fazendo esse trabalho, mas diz que sequer mata animais, diz que só pratica bruxaria", afirma.

Moacir acrescenta que, além das prisões, foi apreendido no templo satanista farto material que comprova o envolvimento dos suspeitos na morte e esquartejamento das crianças. "Provas contundentes", resume o delegado.
Fonte: Blog BarraPesada

‘Pastores’ que furtavam gás de cozinha no interior do Estado são presos em Codó-MA

Edson Junior de Sousa Santos, ‘o Mineiro’, e Luciano Constantino de Medeiros Martins, se passavam por pastores evangélicos, mas só se interessavam, por onde passavam no interior do Maranhão, por gás de cozinha. Um golpe que vinha dando certo até ser revelado em Codó.
Edson Junior de Sousa Santos e Luciano Constantino


O delegado Zilmar Santana informou que aqui em Codó, assim como já fizeram noutras cidades, usaram a mesma estratégia. Ficaram em frente à uma igreja evangélica, ligaram para uma distribuidora de gás de cozinha e pediram 4 botijões, quando o entregador chegou eles pediram mais botijões. Neste momento acontece o golpe – quando o entregador volta à base para buscar mais botijões a dupla desaparece.

Quando a PM tomou conhecimento do caso passou a procurar os falsos pastores. Esta foto mostra o carro encontrado com os dois com os 4 botijões pedidos em Codó e tinha mais crimes.

“Nessa abordagem ainda se constatou que o veículo no qual eles trafegavam é um veículo roubado aqui no Maranhão mesmo e também foi encontrado cheques que seriam furtados de uma prefeitura do interior do Piauí”, esclareceu Zilmar Santana a TV Mirante

Edson Junior tem dois mandados de prisão em aberto – um de São Luís e outro da Justiça de Timon. Já Luciano Constantino responde à um processo por Falsificação de documentos. Por enquanto ficarão no presídio de Codó.
           
Fonte: Blog do Acélio

BAHIA - Homem suspeito de matar pai e filha de um ano em festa de aniversário da criança é preso dois meses após o crime

Foto: Reprodução
Um dos dois suspeitos de matar um homem de 28 anos e a filha dele de um ano, em Morro do Chapéu, na região da Chapada Diamantina, foi preso, na quarta-feira (3), na cidade de Barra, a cerca de 280 km do município onde ocorreu o crime. A informação foi divulgada ao G1, nesta sexta-feira (5), pela Polícia Civil. 

Os homicídios ocorreram no dia 21 de outubro do ano passado, na festa de aniversário da criança. 

O suspeito preso nesta quarta já havia sido identificado pela polícia e tinha mandado de prisão temporária em aberto. O outro suspeito de participar da ação ainda não foi identificado pela polícia. Conforme a polícia, o homem preso teve o mandado de prisão cumprido na quarta-feira. A identidade dele não foi divulgada. O suspeito foi encaminhado para a carceragem da Delegacia de Barra, onde está à disposição da Justiça. A motivação do crime ainda é investigada pela polícia, mas a suspeita inicial era de relação com o tráfico de drogas na região.Crime

O crime ocorreu em uma residência no bairro Caixa D’água, em Morro do Chapéu. Segundo a polícia, o alvo do atentado era o pai da criança, identificado como José de Jesus Júnior, mas a filha, que estava no colo dele, também foi atingida pelos disparos. José morreu ainda no local do crime. Já a criança chegou a ser socorrida com vida e encaminhada para o Hospital e Maternidade São Vicente de Paulo, mas também não resistiu aos ferimentos. A mãe do bebê, que é ex-mulher de José, também foi baleada e ficou ferida. Ela foi encaminhada para a mesma unidade de saúde da filha e, após ser medicada, teve alta no mesmo dia. Inicialmente, a polícia informou que três pessoas participaram do ataque, mas, de acordo com informações da polícia, foram dois homens que invadiram o local da festa. O suspeito preso nesta semana foi identificado cerca de três dias após a ação, depois de relatos de testemunhas. (G1 Bahia)

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Balsa com 251 pessoas a bordo naufraga nas Filipinas

Foto: G1
Uma balsa que transportava 251 pessoas naufragou nesta quinta-feira (21) nas Filipinas, anunciou a Guarda Costeira do arquipélago. Quatro pessoas morreram e 140 foram resgatadas, segundo informações da imprensa local, citadas pela agência Reuters. 

O acidente aconteceu na costa de Real, uma cidade 70 km ao leste de Manila. A embarcação seguia para a ilha de Polillo com condições meteorológicas adversas, indicou Armand Balilo, porta-voz da Guarda Costeira. O número de vítimas e desaparecidos ainda não foi divulgado oficialmente. "Nós ouvimos sobre vítimas, mas ainda estamos tentando obter uma imagem completa", disse Balilo. Segundo ele, a balsa tinha capacidade para transportar 280 pessoas e não estava sobrecarregada.

Mau tempo: Um sobrevivente, Donel Jade Mendiola, disse à rádio DZMM que o clima estava bom quando a embarcação deixou o porto, mas ventos fortes e ondas grandes começaram a bater na balsa duas horas depois. "O navio parou e começou a ser tomado por água na parte da frente. Os passageiros correram para um lado e a balsa começou a afundar", afirmou. Segundo ele, os passageiros foram instruídos a vestirem coletes salva-vidas. "Existe uma grande possibilidade de o acidente ter sido causado pelo mau tempo", afirmou o porta-voz da Guarda Costeira. 

As operações de resgate são dificultadas por fortes chuvas e grandes ondas causadas por uma tempestade tropical que afeta o sul das Filipinas. Barcos de Guarda Costeira e helicópteros do exército filipino estão no local.
 (G1)

Polícia Civil prende acusados do assassinato ocorrido no parque de vaquejada em Luís Correia-PI


A POLÍCIA CIVIL DE LUIS CORREIA, com apoio da DHTL, DEPATRI, Delegacia da Mulher, Delegacia Regional e Diretoria de Inteligência, Deflagrou a operação MAMUTE e prendeu Edvelton Sabino Alves, José Welber da Silva Castro e Walber Kelson da Silva Castro por terem praticado o delito de homicídio qualificado contra Marcelo Sávio Josué de Seixas no Parque Atalaia em Luis Correia., crime ocorrido em 17/09/2017.

A vítima havia ingressado com uma ação trabalhista contra Welber após romperem o vínculo empregatício. A vítima treinava cavalos, modo que, em uma corrida ganhou do seu antigo patrão que apelidou o Cavalo vencedor de Mamute, em razão do porte do animal. 

Após uma festa - os três foram até onde a vítima morava e enquanto Walber mantinha uma testemunha rendida com uma faca no pescoço, Sabino e Welber a matavam com pauladas e facadas.
IML removendo o corpo da vítima no dia do crime

Foi decretada a prisão preventiva deles e agora estão a disposição da Justiça.

As diligências que resultaram em sua prisão são provenientes de investigações advindas das denúncias anônimas realizadas no formulário de denúncias da Delegacia Regional de Parnaíba que pode ser acessado no seguinte link: bit.ly/denunciapcphb

A Polícia Civil pede que a população continue ajudando com informações que possam auxiliar nas investigações de crimes ocorridos em toda região.
Por Jr.Catita

terça-feira, 14 de novembro de 2017

PF desmonta quadrilha que desviou quase R$ 400 milhões da Caixa


A Polícia Federal realiza nesta terça-feira uma operação para desmontar uma quadrilha suspeita de desviar cerca de R$ 385 milhões da Caixa Econômica Federal por meio fraudes a contratos de tecnologia da informação. 

Cerca de 50 policiais cumprem 10 mandados judiciais de busca e apreensão em Brasília. 

As investigações apontam que os funcionários do banco e o sócio da empresa de consultoria recebiam propina para favorecer as empresas de TI contratadas pela CEF. 

 As empresas de TI faziam repasses a uma empresa de consultoria para pagar pelos serviços que ela sequer prestava. Parte desses valores, de acordo com a PF, era distribuído pela empresa de consultoria para os demais membros da quadrilha.A organização é formada por empregados da Caixa, empresários da área de TI e uma empresa de consultoria que pertence a um ex-funcionário do banco. 

Os integrantes do esquema vão responder pelos crimes de corrupção ativa, corrupção passiva e formação de quadrilha. A operação, batizada de Backbone, recebeu esse nome para fazer referência à espinha dorsal de um sistema de rede de computadores. (Veja)